Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Busca

Google for Brasil: Ajudando a encontrar pontos de distribuição de alimentos no Google Maps e na Busca em parceria com Ação da Cidadania



Após dois anos da pandemia de COVID-19, o Brasil vive um pico dramático da fome: são 33,1 milhões de pessoas sem ter o que comer, como revelou o 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, divulgado recentemente pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN).

O levantamento estima que mais da metade (58,7%) da população, ou seja, 125,2 milhões de brasileiros, convive com a insegurança alimentar em algum grau – leve, moderado ou grave (fome). Em 2022, somente quatro entre dez famílias estão conseguindo acesso pleno à alimentação

Em setembro de 2021, anunciamos uma parceria com a Ação da Cidadania, a mais importante Organização Não-Governamental de combate à fome no Brasil, para realizar um mapeamento inédito de bancos de alimentos, despensas e cozinhas solidárias em funcionamento no país. O objetivo é organizar e tornar acessíveis informações sobre organizações sem fins lucrativos que atuam na distribuição gratuita de alimentos e ajudar brasileiros em algum grau de insegurança alimentar a encontrar assistência alimentar mais próxima. Ou para quem quiser doar alimentos a encontrar as informações de localização dessas entidades mais rapidamente.

Com essa iniciativa liderada pela Ação da Cidadania, hoje começamos a disponibilizar na Busca e no Google Maps os primeiros 1.000 pontos cadastrados e verificados pela ONG em todo o Brasil. A partir de agora, ao pesquisar por exemplo, por “cozinhas solidárias perto de mim” ou “banco de alimentos” na Busca ou no Google Maps, é possível ter acesso a informações de localização, horário e contatos dos pontos mapeados mais próximos.

Para que esse importante trabalho fosse realizado, a Ação da Cidadania recebeu apoio técnico do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) e juntos, queremos aumentar os números de pontos de alimentação solidária nos próximos meses, a fim de criar o maior e mais organizado banco de dados digital deste tipo no Brasil. A iniciativa também teve o suporte técnico da startup cearense HubLocal.

Essa é a primeira iniciativa do gênero na América Latina e o mapeamento e dados são atualizados pela Rede de forma contínua, o que facilita ainda mais a busca nas nossas plataformas. O cadastro de organizações sem fins lucrativos é gratuito e deve ser realizado por meio do site da Ação da Cidadania. A partir daí, é realizado um processo de avaliação de alguns critérios, como atuação, público atendido, tempo de existência, estrutura e governança.

Temos orgulho de usar nossa tecnologia para destacar as organizações que fazem o trabalho essencial para combater a insegurança alimentar de frente. Esperamos que o novo recurso faça a diferença conectando redes de alimentação solidária com quem quer doar alimento ou ajudar quem precisa de um prato de comida. Por isso, convidamos organizações, empresas e sociedade civil para ajudar a aumentar essa rede de solidariedade, descobrir os recursos locais disponíveis em sua área, fazer doações e compartilhar com as pessoas que precisam de ajuda perto de você.