Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Eleições

App do Comprova vai ajudar eleitor a checar informação nas eleições

Telas do aplicativo do Projeto Comprova ao lado do logo da iniciativa

O jornalismo e a checagem de fatos são essenciais para a democracia. Na linha de frente contra a desinformação, o Projeto Comprova investiga informações duvidosas sobre as eleições e oferece conteúdo verificado de qualidade aos brasileiros. O trabalho desempenhado por essa iniciativa colaborativa de verificação de fatos formada por 43 veículos de comunicação, sob liderança da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), ajuda, assim, o eleitor a tomar decisões mais bem informadas todos os dias.

O Comprova tem apoio da Google News Initiative desde a sua fundação, em 2018. Juntos, contribuímos com a oferta de treinamento gratuito sobre checagem de fatos a milhares de jornalistas e, recentemente, lançamos um programa que resultou na criação de 31 novos núcleos de checagem pelo Brasil. Em sua história, o Comprova já publicou mais de 800 reportagens investigativas e seus profissionais já capacitaram mais de 5 mil jornalistas e estudantes de jornalismo.

Hoje, essa parceria ganha um novo capítulo com o lançamento do aplicativo do Projeto Comprova, já disponível no Google Play e também para celulares iOS.

Por meio dele, o brasileiro terá acesso a conteúdo checado pela coalizão de veículos que compõem o Comprova sobre eleições e outros temas diretamente na tela do seu celular. O aplicativo traz um feed de verificações distribuídas em diversas categorias, como “Eleições”, “Pandemia” e “Políticas Públicas”, incluindo notícias urgentes.

Cada conteúdo conta com etiquetas definidas pelo Comprova após um minucioso trabalho colaborativo entre os veículos de checagem. São elas:

  • Falso: definido pela iniciativa como “conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma falsidade”.
  • Enganoso: “conteúdo retirado do contexto original e usado em outro de modo que seu significado sofra alterações; que usa dados imprecisos ou que induz a uma interpretação diferente da intenção de seu autor; conteúdo que confunde, com ou sem a intenção deliberada de causar dano”.
  • Sátira: “memes, paródias e imitações publicadas com intuito de fazer humor. O Comprova verifica conteúdos satíricos quando percebe que há pessoas tomando-os por verdadeiros”.
  • Comprovado: “fato verdadeiro; evento confirmado; localização comprovada; ou conteúdo original publicado sem edição”.

Colaboração e educação midiática

É possível também enviar sugestões de conteúdos suspeitos para verificação, incluindo links e arquivos anexos. Além disso, o usuário pode conhecer técnicas para identificação de conteúdos enganosos ou falsos disseminados pelas redes sociais. A seção “Dicas”, por exemplo, inclui manuais sobre como identificar a veracidade em diversos tipos de conteúdos: textos, imagens, vídeos, áudios e gráficos.

Um dos objetivos do aplicativo é servir de apoio didático a professores que desenvolvam projetos de educação midiática – conjunto de habilidades para, de modo crítico, criar, consumir e compartilhar conteúdo informativo – nas escolas.

A equipe do Comprova lançará ainda em breve uma nova versão do aplicativo com uma ferramenta que permitirá aos usuários checarem imagens com um recurso de busca oferecido pelo app. A ideia é que professores também possam usar essa funcionalidade para orientar exercícios de checagem nas salas de aula.

Com nosso apoio, esperamos contribuir com o ecossistema de aplicativos, conectando os brasileiros com fontes de conteúdo jornalístico e checado sobre temas relevantes como as eleições, em especial o eleitor em sua jornada rumo às urnas.