Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Anúncios da empresa

Google I/O 2021: Construindo um Google ainda mais útil nos momentos que importam

Google I/O 2021

É ótimo voltar a apresentar o I/O, a nossa conferência para desenvolvedores. Chegando ao nosso campus em Mountain View esta manhã, eu tive uma sensação de normalidade pela primeira vez em muito tempo. Claro, não é a mesma coisa sem a nossa comunidade de desenvolvedores presente. A COVID-19 afetou profundamente toda a nossa comunidade global no ano passado e continua causando danos. Lugares como o Brasil e o meu país natal, a Índia, estão passando agora pelos momentos mais difíceis da pandemia. Nossos pensamentos estão com todos os que foram afetados pela COVID-19 e todos esperamos dias melhores pela frente.

O último ano colocou muita coisa em perspectiva. No Google, o período também renovou o propósito da nossa missão de organizar as informações do mundo e torná-las universalmente acessíveis e úteis. Continuamos abordando essa missão com um único objetivo: construir um Google mais útil para todos. Isso significa ser útil para as pessoas nos momentos importantes e dar a todos as ferramentas para que possamos aumentar nosso conhecimento, sucesso, saúde e felicidade.

Ajudando em momentos que importam

Às vezes, trata-se de ajudar em grandes momentos, como, no último ano, quando ajudamos 150 milhões de estudantes e educadores a manterem suas aulas virtuais graças ao Google Classroom. Outras vezes, trata-se de ajudar em pequenos momentos que resultam em grandes mudanças para todos. Por exemplo, introduzindo rotas mais seguras no Maps. Esse recurso, alimentado por Inteligência Artificial (IA), pode identificar as condições de estradas, do clima e do tráfego nas quais você provavelmente precisará frear repentinamente; nosso objetivo é reduzir até 100 milhões de eventos como este a cada ano.

Reimaginando o futuro do trabalho

Uma das grandes maneiras de ajudar é reimaginando o futuro do trabalho. Ao longo do último ano, vimos o trabalho se transformar de uma forma sem precedentes, à medida que escritórios e colegas de trabalho foram substituídos por bancadas de cozinha e animais de estimação. Muitas empresas, incluindo a nossa, continuarão oferecendo flexibilidade, mesmo quando for seguro estar no mesmo escritório novamente. As ferramentas de colaboração nunca foram tão críticas e, hoje, anunciamos uma nova experiência de tela inteligente (Smart Canvas) no Google Workspace, que permite colaborar de maneira ainda mais rica.

Google I/O 2021

Integração do Smart Canvas com o Google Meet


A nova geração de Inteligência Artificial responsável

Fizemos avanços notáveis ​​nos últimos 22 anos, graças ao nosso progresso em algumas das áreas mais desafiadoras da Inteligência Artificial, incluindo tradução, imagens e voz. Esses avanços possibilitaram melhorias nos produtos do Google, tornando possível falar com alguém em outro idioma usando o modo de intérprete do Assistente, ver memórias queridas no Fotos ou usar o Google Lens para resolver um problema matemático complicado.

Também usamos a IA para melhorar a experiência básica da Busca para bilhões de pessoas, dando um grande salto à frente na capacidade de processamento de linguagem natural de um computador. No entanto, ainda há momentos em que os computadores simplesmente não nos entendem. Isso porque a linguagem é infinitamente complexa: nós a usamos para contar histórias, fazer piadas, compartilhar ideias e compartilhar conceitos que aprendemos ao longo de nossas vidas. A riqueza e a flexibilidade da linguagem a tornam uma das maiores ferramentas da humanidade e um dos maiores desafios da ciência da computação.

Hoje estou animado para compartilhar nossas pesquisas mais recentes relacionadas à compreensão de linguagem natural: LaMDA, um modelo de linguagem para aplicativos de diálogo. É de domínio aberto, o que significa que foi projetado para conversar sobre qualquer assunto. Por exemplo, LaMDA entende bastante sobre o planeta Plutão. Portanto, se um aluno quisesse descobrir mais sobre o espaço, ele também poderia fazer perguntas sobre Plutão e o modelo responderia com respostas sensatas, tornando o aprendizado ainda mais divertido e envolvente. Se o aluno quisesse mudar para um tópico diferente -- digamos, como fazer um bom avião de papel - o LaMDA poderia continuar a conversa sem ter que passar por um novo treinamento.

Há muitos anos pesquisamos e desenvolvemos modelos de linguagem. Estamos focados em garantir que o LaMDA atenda aos nossos altos padrões em termos de justiça, segurança e privacidade, e que seja desenvolvido de forma consistente com nossos Princípios de IA. E estamos ansiosos para incorporar recursos de conversação em produtos como Google Assistente, Busca e Workspace, bem como explorar como fornecer recursos para desenvolvedores e clientes empresariais.

O LaMDA é um grande passo à frente na conversa natural, mas ainda é treinado apenas em texto. Quando as pessoas se comunicam entre si, o fazem por meio de imagens, texto, áudio e vídeo. Portanto, precisamos construir modelos que permitam às pessoas naturalmente fazer perguntas sobre diferentes tipos de informação, o que é chamado de modelos multimodais (MUM). Com o MUM, você poderia um dia planejar uma viagem pedindo ao Google "um trajeto com belas vistas da montanha". Esse é só um exemplo de como estamos progredindo em direção a formas mais naturais e intuitivas de interagir com a Busca.

Impulsionando a fronteira de computação

Tradução, reconhecimento de imagem e reconhecimento de voz estabeleceram a base para modelos complexos como o LaMDA e modelos multimodais. Nossa infraestrutura computacional é como impulsionamos e sustentamos esses avanços, e as TPUs, nossos circuitos integrados personalizados para acelerar processos de machine learning, são uma grande parte disso. Hoje, anunciamos nossa próxima geração de TPUs: a TPU v4. Elas são alimentadas pelo chip v4, que é mais de duas vezes mais rápido que a geração anterior. Um pod pode fornecer mais de um exaflop, equivalente ao poder de computação de 10 milhões de laptops combinados. Este é o sistema mais rápido que já implantamos e representa um marco histórico para nós. Anteriormente, para chegar a um exaflop, você precisava construir um supercomputador personalizado. E, em breve, teremos dezenas de pods TPUv4 em nossos data centers, muitos dos quais estarão operando com ou perto de 90% de energia livre de carbono. Eles estarão disponíveis para nossos clientes de nuvem ainda este ano.

Google I/O 2021
Google I/O 2021

À esquerda, uma placa de chips TPU v4; à direita, pods TPU v4 em nosso data center de Oklahoma


É extremamente emocionante ver esse ritmo de inovação. À medida que olhamos para o futuro, existem tipos de problemas que a computação clássica não será capaz de resolver em um tempo razoável. A computação quântica pode ajudar. Alcançar nosso marco quântico foi uma grande conquista, mas ainda estamos no início de uma jornada de vários anos. Continuamos trabalhando para chegar ao nosso próximo grande marco na computação quântica: construir um computador quântico com correção de erros, que poderá nos ajudar a aumentar a eficiência da bateria, criar energia mais sustentável e melhorar na descoberta de medicamentos. Para nos ajudar a chegar lá, abrimos um novo Campus de Quantum AI com nosso primeiro data center quântico e instalações de fabricação de processadores quânticos.

Google I/O 2021

Instalações do nosso novo Campus de Quantum AI


Mais seguro com o Google

No Google, sabemos que nossos produtos só podem ser úteis na medida em que são seguros. E os avanços na ciência da computação e na IA são a forma como continuamos a torná-los melhores. Mantemos mais usuários seguros bloqueando malware, tentativas de phishing, mensagens de spam e ataques cibernéticos em potencial do que qualquer um no mundo.

Nosso foco na minimização de dados nos leva a fazer mais, com menos dados. Dois anos atrás, no I/O, anunciei o Auto-Delete (Exclusão automática), que incentiva as pessoas a terem seus dados de atividade automática e continuamente excluídos. Desde então, tornamos a exclusão automática o padrão para todas as novas contas do Google. Agora, após 18 meses, excluímos automaticamente seus dados de atividade, a menos que você nos diga para fazer isso antes. Esse recurso agora está ativo para mais de 2 bilhões de contas.

Todos os nossos produtos são guiados por três princípios importantes: com uma das infraestruturas de segurança mais avançadas do mundo, nossos produtos são protegidos por padrão. Respeitamos estritamente as práticas de dados responsáveis, para que cada produto que construímos seja privado desde o início do seu desenvolvimento. E criamos configurações de privacidade e segurança fáceis de usar para que você esteja no controle.

Pesquisa de longo prazo: Project Starline

No ano passado, a tecnologia de videoconferência nos permitiu ficar em contato com família e amigos, e manter escolas e empresas funcionando - e todos somos muito agradecidos por isso. Mas não há substituto para estar em uma mesma sala com alguém.

Anos atrás, nós começamos uma iniciativa chamada Project Starline para explorar novas possibilidades em videoconferência por meio da tecnologia. Usando câmeras de alta resolução e sensores de profundidade customizados, conseguimos capturar a forma e aparência de uma pessoa a partir de vários pontos de vista e juntar todas as imagens para criar um modelo 3D, extremamente detalhado. Esse processo gera muitos gigabytes de informação por segundo e para conseguir transmitir algo tão grande assim pelas redes atuais, nós desenvolvemos novos algoritmos de compressão e transmissão de dados que permitiram reduzir o tamanho das imagens em 100 vezes. Também desenvolvemos uma tela inovadora que mostra uma representação realística de alguém, como se a pessoa estivesse sentada à sua frente. Por mais sofisticada que a tecnologia seja, ela foi feita para não chamar a atenção para que você possa focar no que importa.

Passamos centenas de horas testando a tecnologia em nossos próprios escritórios e os resultados são promissores. Nossos parceiros de negócio estão empolgados e também estamos trabalhando com empresas de saúde e mídia para colher a opinião deles. Com o objetivo de ampliar as fronteiras da colaboração à distância, nós atingimos avanços técnicos que vão aprimorar todo o nosso conjunto de produtos de comunicação. Estamos ansiosos para poder contar mais nos próximos meses.

Google I/O 2021

Uma pessoa em videoconferência por meio do Project Starline

Resolvendo desafios complexos de sustentabilidade

Outra área de pesquisa é nosso trabalho para impulsionar a sustentabilidade. Há mais de 20 anos, a sustentabilidade tem sido um valor fundamental para o Google. Fomos a primeira grande empresa a se tornar neutra em carbono em 2007. Fomos os primeiros a equiparar nossas operações com energia 100% renovável em 2017, e temos feito isso desde então. No ano passado, eliminamos todo o nosso legado de carbono.

Nossa próxima ambição é a maior de todas: operar com energia livre de carbono até o ano 2030. Isso representa uma mudança significativa em relação às abordagens atuais e uma ambição tão grande quanto a computação quântica. Isso nos apresenta problemas igualmente difíceis de resolver, desde prover energia livre de carbono em todos os lugares em que operamos até a garantia de que ela funcione a cada hora do dia.

Com base na primeira plataforma de computação inteligente de carbono que lançamos no ano passado, em breve seremos a primeira empresa a implementar o deslocamento de carga inteligente de carbono ao longo do tempo e do local em nossa rede de data center. No próximo ano, estaremos transferindo mais de um terço dos cálculos de não produção para horários e locais com maior disponibilidade de energia livre de carbono. Estamos trabalhando para aplicar nosso Cloud IA com novas técnicas de perfuração e sensoriamento de fibra óptica para fornecer energia geotérmica em mais lugares, começando em nossos centros de Nevada no próximo ano.

Investimentos como esses são necessários para obter energia livre de carbono 24 horas por dia, 7 dias por semana, e isso está acontecendo em Mountain View, Califórnia, também. Estamos construindo nosso novo campus com os mais altos padrões de sustentabilidade. Quando concluídos, esses edifícios apresentarão um inédito revestimento solar de “pele de dragão” equipado com 90.000 painéis solares de prata e capacidade de gerar cerca de 7 megawatts. Eles vão abrigar o maior sistema de energia geotérmica da América do Norte que ajudará a aquecer edifícios no inverno e resfriá-los no verão. Tem sido incrível ver isso ganhar vida.

Google I/O 2021
Google I/O 2021

(Esquerda) Renderização do novo campus Charleston East em Mountain View, Califórnia; (À direita) Visualização do modelo solar de ‘pele de dragão’.

Uma celebração da tecnologia

O I/O não é apenas uma celebração da tecnologia, mas das pessoas que a usam e criam - incluindo os milhões de desenvolvedores em todo o mundo que se juntaram a nós virtualmente hoje. No ano passado, vimos pessoas usarem a tecnologia de maneiras profundas: para se manterem saudáveis ​​e seguras, para aprender e crescer, para se conectar e ajudar umas às outras em tempos realmente difíceis. Foi algo inspirador de se ver e nos fez mais comprometidos do que nunca em sermos úteis nos momentos que importam.

Estou ansioso para ver todos vocês no I/O do ano que vem — pessoalmente, eu espero. Até então, fiquem bem e seguros.