Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Eleições

Um manual para as eleições municipais no Brasil



Pandemia da Covid-19, uma severa crise econômica agravada pela doença e a polarização política. Esses três fatores combinados tornam as próximas eleições municipais especialmente importantes para o Brasil e a democracia, mas também complexas do ponto de vista da cobertura jornalística pelos profissionais de imprensa.

Em parceria, o Projor – instituto que trabalha desde 2002 pelo desenvolvimento do jornalismo no Brasil – e o Insper lançaram recentemente o Manual GPI Eleições 2020, um guia básico destinado a repórteres e cidadãos interessados em temas relativos às eleições municipais.


Buscamos fornecer as informações e recursos necessários a todos, facilitando a plena cobertura jornalística e o debate democrático entre candidatos e eleitores. Assim, o Manual traz informações as atribuições de prefeituras e câmaras municipais, arrecadação e repasses de impostos, formulação de políticas públicas para o processo eleitoral, mas também sobre ferramentas de gestão, transparência e prestação de contas, e análise de dados municipais.


Enquanto ente federativo mais próximo da população e do território, o município está perto de demandas sociais alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e à redução da histórica desigualdade brasileira. 


E como chefes do poder executivo municipal, os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores também exercem um papel importante na vida política nacional, influenciando decisões do governo estadual, bancadas das assembleias estaduais e do Congresso Nacional, e até a presidência da República.

Raio-X dos Municípios

Uma das ferramentas do Manual das Eleições para este ano é o Raio-X dos Municípios, que ajuda a comparar cidades por meio de estatísticas sobre educação, habitação, meio ambiente, mobilidade, saúde e segurança sobre as 5.570 cidades. 

O Raio-X dos Municípios responde perguntas como: 
Essas e outras perguntas são respondidas através de comparações do município com outros que apresentam características semelhantes, como o PIB e o tamanho da população. 

  • Qual o desempenho de determinado município em termos do rendimento escolar de alunos matriculados no ensino básico? 
  • Que porcentagem da população tem acesso à coleta e tratamento de esgoto? 
  • Qual a proporção de pessoas que vivem em ruas pavimentadas? 
  • Qual a oferta de leitos para internação do SUS? 
  • Qual o tempo médio que as pessoas levam para se deslocar entre a casa e o trabalho? 

Desinformação 

O fenômeno da desinformação, marcado pela produção e difusão de mentiras, traz riscos significativos para a distorção do debate público nas próximas eleições. 
Dado o compromisso do jornalismo com a verdade factual e seu papel crítico no debate democrático, cabe ao jornalismo corrigir informações incorretas e desmascarar mentiras deliberadas. 
O Manual dedica uma seção ao tema, fornecendo informações sobre o ecossistema da desinformação (tipos de conteúdos distorcidos ou fabricados), as diferenças entre checagem de informações produzidas por fontes oficiais e conteúdos gerados por usuários, além de um tutorial reunindo técnicas e ferramentas para monitoramento, planejamento e verificação de conteúdos suspeitos. 

Impacto

O Manual conta com uma seção dedicada a medir a repercussão do trabalho jornalístico. Isso é importante por duas razões: em primeiro lugar, verificar como o público reage ajuda a selecionar melhor o tipo de pauta e formato que tem mais ressonância com sua audiência. Uma reportagem com mais visualizações pode indicar o que deve ser colocado em destaque na home; um artigo com bastante tempo de leitura indica que aquele autor ou autora pode ser uma pessoa adequada para pautas complexas; postagens com muitos comentários nas redes sociais indicam temas que merecem ser explorados e uma gama de vozes ouvidas. A seção de Impacto também oferece um tutorial com métricas quantitativas e qualitativas de mensuração.


Aliás, o próprio Manual contém um formulário para cadastramento de matérias inspiradas por nosso projeto. Nas redes sociais, compartilhe seu conteúdo com a hashtag #manual2020
Pensado para ajudar repórteres de todo o país a produzirem uma cobertura relevante sobre as próximas eleições, o projeto se inspira no direito à informação como um direito político inerente à cidadania. Por isso, o Manual se destina a todos – jornalistas e demais cidadãos interessados em conhecer os principais fatos e desafios dos municípios brasileiros.


O projeto é editado pelo Projor e o Insper, tem Abraji e Instituto Pólis como parceiros institucionais e a Google News Initiative como principal patrocinador. Acesse o site em manual2020.com.br