Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Proteção & Segurança

Como o Google trabalha para garantir sua segurança na internet

Article's hero media

A cada ano, o mês da Conscientização sobre Cibersegurança relembra todos da importância de estarmos protegidos na rede. Garantir a segurança do usuário na internet significa proteger a segurança e a privacidade das informações das pessoas, o tempo todo. Por isso as proteções são um “item de fábrica” em qualquer Conta do Google e em todos os nossos produtos. A Navegação Segura protege mais de 4 bilhões de aparelhos, o Gmail bloqueia mais de 100 milhões de tentativas de phishing todos os dias e o Google Play Protect realiza uma varredura diária em mais de 100 bilhões de aplicativos para identificar malware e outros problemas.


Três princípios fundamentais norteiam a proteção oferecida em nossos produtos: garantir a segurança das informações do usuário, tratá-las com responsabilidade e deixar o controle na mão do dono da informação – ou seja, você. Esses princípios são observados o tempo todo, e hoje vamos contar sobre as novas proteções de segurança e privacidade do Google. Se você quiser ler um texto mais completo, acesse a Central de Segurança, que foi totalmente reformulada. Ela é o lugar para saber como trabalhamos pela segurança nos produtos que os usuários acessam todos os dias. A nova Central já está no ar nos Estados Unidos e em breve estará disponível globalmente.
 

Proteção pró-ativa e alertas de segurança claramente visíveis para o usuário

Quando a sua segurança é ameaçada, é preciso agir logo. Trabalhamos para que você possa tomar medidas rápidas sempre que identificamos um risco grave à sua Conta do Google. Com o passar dos anos, desenvolvemos novas maneiras de alertar as pessoas sobre problemas e aumentamos consideravelmente sua segurança. Um exemplo: em 2015, começamos a usar os alertas Android para avisar usuários sobre problemas críticos. Depois dessa mudança, o número de pessoas que reagem no prazo de uma hora após receber o alerta aumentou 20 vezes (em comparação com avisos enviados por e-mail).


Em breve vamos apresentar um alerta crítico redesenhado e uma nova forma de enviá-lo. Quando identificarmos um problema grave de segurança na Conta do Google, vamos exibir automaticamente um aviso dentro do aplicativo Google que a pessoa estiver usando no momento, e sugerir soluções para a situação. Não será mais necessário verificar a caixa de e-mail ou ir para a central de alertas do celular. Os novos avisos são à prova de spoofing (ataques de criminosos que fingem ser uma pessoa ou rede conhecida, com o objetivo de ter acesso a informações confidenciais). Ou seja: você pode ficar tranquilo, pois quem envia esses alertas é sempre o Google. Nas próximas semanas, o recurso será lançado de forma limitada e, no início do ano que vem, será ampliado.

Google Assistente: controle simples com o modo Visitante

Todos os dias, o Assistente do Google ajuda as pessoas a realizarem uma porção de tarefas em casa. Pode ser sugerir uma receita nova para o jantar ou lembrar de um compromisso. Às vezes, porém, você não quer que as conversas com o Assistente sejam salvas na sua Conta do Google. Por isso, nas próximas semanas, vamos apresentar o modo Visitante. Essa nova forma de usar o Assistente em aparelhos domésticos permite usar um comando de voz para ativar o modo Visitante. Com isso, tudo o que for dito para o Assistente no modo Visitante não fica armazenado na Conta do Google. Para desligar o modo Visitante e desfrutar da experiência completa e personalizada novamente, basta dar outro comando de voz. Além disso, a qualquer momento o usuário pode apagar o que disse ao Assistente, também por comando de voz. Agora, o Assistente também pode responder imediatamente a ainda mais perguntas que as pessoas costumam fazer sobre segurança e privacidade. Atualmente, mais de 3 milhões de respostas sobre privacidade e segurança são oferecidas mensalmente em todo o mundo.

Segurança presente em todos os nossos produtos

Desde os primeiros dias de existência da empresa, privacidade e segurança sempre estiveram no centro de tudo o que o Google faz. Nossa equipe trabalha diariamente para que os produtos sejam seguros, não importa o que o usuário queira fazer na internet: navegar por sites, acessar a caixa de e-mail ou ver a família numa chamada do Google Meet. Esta semana anunciamos o que fazemos para proteger suas informações com novas ferramentas de segurança e privacidade no Google Workplace e novas proteções de senha no Chrome – bem como o avanço do Chrome no Privacy Sandbox, iniciativa que vai aumentar consideravelmente a privacidade em toda a rede. A partir de hoje, vai ficar ainda mais fácil para o usuário controlar a própria privacidade: é possível editar diretamente os dados do Histórico de Localização na Linha do Tempo, acrescentando ou tirando lugares visitados com apenas alguns cliques. E uma vez que a Busca é o ponto de partida para tantas coisas que as pessoas querem saber, a partir de hoje também vamos exibir as configurações pessoais de segurança e privacidade do usuário sempre que alguém fizer perguntas como “Minha Conta do Google é segura?”.

Continuamos trabalhando para criar tecnologias que possam ser usadas para proteger a privacidade em todos os produtos Google. Com o Android 11 lançado este ano, por exemplo, fomos a primeira empresa do setor a combinar privacidade diferencial e aprendizado federado para treinar modelos capazes de prever as próximas palavras que serão digitadas no Gboard, o teclado do Google. Aprendizado federado, uma técnica criada no Google, permite que desenvolvedores possam ensinar modelos de inteligência artificial e deixar os produtos ainda mais inteligentes – para você e para todos – sem que seus dados tenham de sair do aparelho. No Android 11, vamos gerar a partir de agora Respostas Inteligentes (incluindo recomendações de emojis) usando um sistema do próprio dispositivo. Dessa forma, em nenhum momento os dados são compartilhados com o Gboard ou o Google.


Proteger sua segurança na internet exige atenção e inovação constantes. Tudo começa com a infraestrutura de segurança mais avançada do mundo, aliada a práticas responsáveis de tratamento de dados e ferramentas de privacidade que deixam o controle nas mãos do usuário. Continuaremos defendendo leis sensatas para esse setor em todo o mundo, incluindo uma legislação federal americana de privacidade que seja forte e abrangente, e seguiremos realizando avanços de privacidade e segurança que deixam as pessoas ainda mais seguras on-line.