Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Famílias

Promovendo uma experiência on-line mais segura para crianças e adolescentes



Temos o compromisso de criar produtos que sigam padrões de segurança e privacidade desde o primeiro estágio do seu desenvolvimento, e que coloquem as pessoas no controle. E, embora não seja permitido que crianças com menos de 13 anos criem uma Conta do Google padrão, trabalhamos duro para criar experiências de produto enriquecedoras especificamente para elas, além de adolescentes e famílias. Por meio do Family Link, permitimos que os pais configurem contas supervisionadas para seus filhos, definam limites de tempo de uso e muito mais. Nosso programa de alfabetização digital Seja Incrível na Internet ajuda as crianças a aprender como ser cidadãos digitais seguros e engajados. Nossa plataforma YouTube Kids e os aplicativos aprovados por professores na Google Play também oferecem experiências personalizadas para o público mais jovem.


A tecnologia ajudou crianças e adolescentes durante a pandemia a permanecerem conectadas com a escola e a manterem laços com familiares e amigos. À medida que elas passam mais tempo on-line, pais, educadores, especialistas em segurança e privacidade e legisladores estão, com razão, preocupados em como mantê-los seguros. Estamos em contato com esses grupos regularmente e sempre trabalhando em novas maneiras de adaptar nossas experiências de produto e controles de usuário especificamente para pessoas mais jovens. Hoje, estamos anunciando novas políticas e atualizações.


Dando aos menores mais controle sobre sua presença digitalEmbora já forneçamos opções de remoção de informações para pessoas na Busca do Google, as crianças correm um risco especial quando se trata de controlar suas imagens na internet. Nas próximas semanas, apresentaremos uma nova política que permite que qualquer pessoa com menos de 18 anos, seus pais ou responsáveis, solicite a remoção de suas imagens dos resultados de imagens do Google. Claro, remover uma imagem da Busca não a retira da web, mas acreditamos que essa mudança ajudará a dar aos jovens mais controle sobre suas imagens on-line.


Ajustando experiências de produto para crianças e adolescentesAlguns de nossos produtos mais populares ajudam crianças e adolescentes a explorar seus interesses, aprender mais sobre o mundo e se conectar com amigos. Estamos constantemente empenhados em tornar essas experiências mais seguras para eles. É por isso que, nas próximas semanas e meses, faremos uma série de alterações nas Contas do Google para menores de 18 anos:

Novas mudanças em publicidade

Expandiremos as salvaguardas que impedem a exibição de categorias de anúncios sensíveis à idade para crianças e bloquearemos a segmentação de anúncios com base na idade, sexo ou interesses de menores de 18 anos. Começaremos a implementar essas atualizações em nossos produtos globalmente nos próximos meses. Nosso objetivo é garantir que estamos fornecendo proteções adicionais de idade e proporcionando experiências adequadas para anúncios do Google.


Novas ferramentas de bem-estar digital

No Family Link, os pais podem definir limites de tempo de uso e lembretes para os dispositivos supervisionados dos filhos. E, em dispositivos inteligentes com Assistente habilitado, damos controle aos pais por meio de ferramentas de bem-estar digital disponíveis no app Google Home. Nos próximos meses, lançaremos novos filtros de bem-estar digital que permitem às pessoas bloquearem notícias, podcasts e acesso a páginas da web em dispositivos inteligentes habilitados para Assistente.
No YouTube, vamos ativar os lembretes de pausa e hora de dormir e desativar a reprodução automática para usuários menores de 18 anos. E, no YouTube Kids, adicionaremos uma opção de reprodução automática e a desativaremos por padrão para permitir que os pais façam a escolha certa para suas famílias.


Melhorando como comunicamos nossas práticas de dados para crianças e adolescentes

Os dados desempenham um papel importante em tornar nossos produtos funcionais e úteis. É nosso trabalho tornar mais fácil para crianças e adolescentes compreenderem quais dados estão sendo coletados, por que e como eles são usados. Com base em pesquisas, estamos desenvolvendo materiais atrativos e fáceis de entender para os jovens e seus pais com o objetivo de ajudá-los a entender melhor nossas práticas de dados. Esses recursos começarão a ser implementados globalmente nos próximos meses.


Trabalho contínuo para desenvolver experiências de produtos de acordo com a idade

Estamos sempre trabalhando de perto com pais, governos, líderes do setor e especialistas nas áreas de privacidade, segurança infantil, bem-estar e educação para projetar produtos melhores e mais seguros para crianças e adolescentes. Ter a idade exata de um usuário é um elemento importante para o fornecimento de experiências sob medida para suas necessidades. No entanto, saber a idade exata de nossos usuários em vários produtos e plataformas e, ao mesmo tempo, respeitar a privacidade e garantir que nossos serviços permaneçam acessíveis, é um desafio complexo. Isso vai exigir a contribuição de reguladores, legisladores, organizações da indústria, fornecedores de tecnologia e outros para lidar com a questão – e para garantir que todos construamos uma Internet mais segura para as crianças.

Mindy Brooks, Diretora de produto das áreas de Kids e Families

  • YouTube: Nas próximas semanas, começaremos a definir a configuração padrão de envio para a mais privada possível nas contas de usuários de 13 a 17 anos no YouTube. Além disso, daremos mais destaques a recursos de bem-estar digital e forneceremos proteção e educação sobre conteúdo comercial. Saiba mais sobre essas mudanças aqui.
  • Busca: Temos uma variedade de sistemas, ferramentas e políticas que são projetados para ajudar as pessoas a descobrirem conteúdo na web, sem serem surpreendidos com conteúdo adulto pelo qual não tenham pesquisado. Uma das proteções que oferecemos é o SafeSearch, que ajuda a filtrar resultados explícitos quando ativado e que já é um padrão para todos os usuários conectados com menos de 13 anos que têm contas gerenciadas pelo Family Link. Nos próximos meses, vamos ativar o SafeSearch para usuários com menos de 18 anos e tornar essa a configuração padrão para os adolescentes que criarem novas contas.
  • Assistente: Estamos sempre trabalhando para evitar que conteúdo adulto apareça durante a experiência de uma criança com o Google Assistente em dispositivos compartilhados e, nos próximos meses, apresentaremos novos padrões de proteção. Um exemplo é a ativação da tecnologia SafeSearch no navegador da web em telas inteligentes.
  • Histórico de localização: O Histórico de Localização é uma configuração da Conta do Google que ajuda a tornar nossos produtos mais úteis. Além de ser uma configuração desativada por padrão para todas as contas, menores de 13 anos não têm a opção de ativá-la. Em breve, vamos estender isso para usuários menores de 18 anos em todo o mundo, o que significa que o Histórico de Localização permanecerá desativado de modo definitivo a todas as contas desta faixa etária.
  • Play: Com base nos nossos esforços para promover conteúdo infantil de qualidade, como classificações de conteúdo e nossos aplicativos aprovados por professores, estamos lançando uma nova seção de segurança que permitirá aos pais saber quais aplicativos seguem nossas políticas para famílias. Os aplicativos serão obrigados a divulgar mais detalhadamente como usam os dados que coletam, tornando mais fácil para os pais decidirem se o aplicativo é adequado para seus filhos antes de baixá-lo.
  • Google Workspace for Education: Como anunciamos recentemente, estamos tornando mais fácil para os administradores e gestores escolares personalizarem experiências para seus alunos de acordo com a idade deles (como restringir a atividade dos estudantes no YouTube). Para tornar a navegação na web mais segura, as instituições de ensino fundamental e médio terão, por padrão, a tecnologia SafeSearch habilitada, enquanto a mudança para o modo visitante e modo anônimo para navegação será desativada.