Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Proteção & Segurança

O caminho para uma internet onde a privacidade está sempre em primeiro lugar



É difícil conceber a existência da internet que conhecemos hoje – com informações sobre todos os assuntos, em todos os idiomas, na palma da mão de bilhões de pessoas – sem a sustentação financeira da publicidade on-line. No entanto, à medida que nosso setor trabalhava para levar anúncios relevantes para consumidores de toda a web, ia surgindo uma proliferação de dados individuais de usuários espalhados por milhares de empresas – coletados, quase sempre, por cookies de terceiros. Esse movimento corroeu a confiança dos usuários: nos Estados Unidos, 72% das pessoas acreditam que praticamente tudo o que fazem na internet é rastreado por anunciantes, empresas de tecnologia ou outras companhias. Além disso, 81% dizem que os possíveis riscos causados pela coleta de dados superam os benefícios. Se a publicidade digital não evoluir diante das crescentes preocupações dos usuários com a privacidade e o uso de identidades pessoais, poderemos colocar em risco o futuro da internet gratuita e aberta.

Pensando nisso, o Chrome anunciou, no ano passado, a intenção de retirar o suporte para cookies de terceiros. Também por isso estamos 100% dedicados à Privacy Sandbox, trabalhando em parceria com todo o setor para criar inovações que protejam o anonimato e, ao mesmo tempo, tragam resultados para anunciantes e editores. Apesar disso, seguimos recebendo perguntas sobre a intenção do Google de se juntar a outras empresas que planejam substituir os cookies de terceiros por identificadores alternativos, que funcionem no nível do usuário. Hoje deixamos claro que, com a desativação gradual dos cookies de terceiros, não vamos criar identificadores alternativos para rastrear pessoas que navegam pela internet – e tampouco usaremos esse tipo de identificador em nossos produtos.

Com isso, sabemos que outros provedores poderão oferecer um certo grau de identificação de usuários para fins de rastreamento de publicidade na web, que nós não ofereceremos – como, por exemplo, gráficos PII baseados em endereços de e-mail das pessoas. Acreditamos que esse tipo de solução não atende às expectativas cada vez mais elevadas dos consumidores em relação à privacidade – e tampouco será capaz de cumprir as restrições regulatórias, sempre em rápida evolução. Ou seja: essas alternativas não são um investimento sustentável a longo prazo. Em vez disso, nossos produtos serão impulsionados por APIs (Application Programming Interface) que preservam a privacidade e previnem o rastreamento individual – entregando, ao mesmo tempo, os resultados buscados por anunciantes e editores.

Inovações de privacidade são alternativas eficazes ao rastreamento

Ninguém deve ser obrigado a aceitar ser rastreado enquanto navega em troca do benefício de ver anúncios relevantes para o seu perfil. Já os anunciantes não precisam rastrear consumidores individualmente internet afora para ter acesso aos impactos positivos da publicidade digital.

Avanços na agregação, anonimização, no processamento de dados no próprio aparelho e em outras tecnologias capazes de preservar a privacidade abrem caminho para a substituição dos identificadores individuais. De fato, nossos testes recentes com a tecnologia FLoC mostram uma forma eficiente de tirar os cookies de terceiros da equação da publicidade online – e, em vez disso, “esconder” usuários individuais em meio a grandes grupos de pessoas que compartilham interesses comuns. O Chrome pretende disponibilizar audiências baseados em FLoC para a realização de testes abertos pilotos públicos, em conjunto com outros atores do mercado, já em sua próxima edição a ser lançada ainda neste mês. Esperamos iniciar testes com audiências baseados em FLoC com os anunciantes do Google Ads no segundo trimestre de 2021.

Essa iniciativa aponta para um futuro no qual não será preciso abrir mão de anúncios relevantes e monetização para oferecer uma experiência segura, que proteja a privacidade. Por isso, estamos totalmente comprometidos com a adoção da Privacy Sandbox em nossos produtos web – e convidamos todo o setor a avançar nessa parceria com o Google para desenvolver e usar as inovações de privacidade.

A importância das conexões diretas

As marcas sempre souberam que, para criar empresas bem-sucedidas, é fundamental desenvolver relações sólidas com os clientes. Essa estratégia é ainda mais decisiva em um mundo que tem a privacidade em primeiro lugar. Seguiremos apoiando as conexões diretas nas plataformas de publicidade que oferecemos a nossos parceiros – onde é possível estabelecer relações com os clientes sem intermediários. Vamos aprofundar o suporte oferecido a soluções que tenham como base a ligação direta entre os consumidores e as marcas e editores com os quais os usuários interagem.

Para que a internet continue sendo aberta e acessível, cabe a todos nós trabalhar ainda mais para proteger a privacidade das pessoas. Isso significa não apenas eliminar os cookies de terceiros, como também qualquer tecnologia usada para rastrear indivíduos específicos que navegam pela rede. Continuamos determinados a preservar um ambiente aberto e pujante, no qual as pessoas tenham acesso a uma ampla gama de conteúdos apoiados por anúncios – tranquilas e com a certeza de que sua privacidade e suas escolhas são respeitadas e protegidas. Estamos animados para trabalhar com outros integrantes do nosso setor nesse caminho rumo ao futuro.