Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Maps

Google Maps traz agora informações de compartilhamento e localização de bicicletas em São Paulo e no Rio de Janeiro



Quem se desloca pelas cidades tem pensado constantemente em formas seguras de circular durante a pandemia de coronavirus – e muita gente está optando pela bicicleta. Com a chegada do verão no hemisfério norte, milhares de pessoas usam as magrelas para evitar aglomeração no transporte público, praticar atividade física ou simplesmente ter momentos gostosos ao ar livre. Embora a popularidade das bicicletas já viesse aumentando nos últimos cinco anos, percebemos que os pedidos de instruções sobre como chegar a lugares usando bikes aumentaram 69% no Google Maps e atingiram um recorde histórico em junho de 2020. Com isso, muita gente está tirando a poeira daquela bicicleta antiga guardada na garagem e botando essa companheira para rodar novamente.

As instruções de percursos com bicicletas foram lançadas há dez anos pelo Google Maps. Hoje, já estão disponíveis em quase 30 países e são usadas por milhões de pessoas todos os dias. À medida que os hábitos de pedalar mudam, especialmente à medida que as coisas evoluem com o COVID-19, atualizamos constantemente essas informações para ajudá-lo a descobrir a rota de bicicleta mais confiável.


Para fornecer a rota de bicicleta mais atualizada, o Maps usa uma combinação de aprendizado de máquina, algoritmos complexos e nossa compreensão sobre o mundo real (alimentada por imagens, dados coletados junto a autoridades e contribuições dos usuários). Com todas essas ferramentas nas mãos, conseguimos ajudar os ciclistas a saber qual a melhor rota para chegar lá pedalando. Nessa análise, consideramos vários tipos de ciclovia e quais ruas próximas talvez não sejam adequadas para as bikes (por terem túneis, escadarias ou buracos na pista). Somando tudo isso, o Google Maps mostra o caminho mais indicado e suave para quem se locomove sobre duas rodas. Usuários que pesquisam instruções para ciclistas também podem ver se o percurso é plano ou íngreme – e assim se preparar para um passeio tranquilo ou uma pedalada mais suada.


No entanto, a melhor rota sempre pode mudar e estamos trabalhando duro para refletir novas informações. Por exemplo, devido à COVID-19, muitas cidades estão adicionando e ampliando ciclovias para incentivar o ciclismo e acomodar mais ciclistas. Já estamos trabalhando para integrar centenas de milhares de novas ciclovias nos próximos meses. Os departamentos municipais de trânsito podem usar a ferramenta Geo Data Upload para oferecer esses dados importantes e garantir que mesmo ciclovias recém-inauguradas apareçam no Google Maps.


Estações de bicicletas compartilhadas: mais informação e praticidade em dez cidades


Em 2019 o Google Maps lançou o serviço de informações em tempo real sobre estações de bicicletas compartilhadas. A ideia era ajudar usuários de algumas cidades onde esse recurso está disponível a encontrar estações e saber quantas bicicletas estão livres naquele momento. Diante dos impactos causados pelo coronavírus, muitas empresas que oferecem bicicletas compartilhadas vêm observando um aumento acentuado no uso desse meio de transporte. Agora, mais do que nunca, é fundamental saber quantas unidades estão estacionadas no ponto de partida que você escolheu – e também se existem espaços vagos para devolver as bikes chegando ao destino.


A partir de hoje, quando você pesquisar as rotas de bicicleta, verá as instruções de ponta a ponta, que incluem informações sobre compartilhamento de bicicletas. As etapas incluirão instruções detalhadas de caminhada até as estações de compartilhamento de bicicletas próximas ao seu ponto de partida, além da disponibilidade de bicicletas em tempo real, instruções de bicicleta passo a passo até a estação de compartilhamento de bicicletas mais próxima do seu destino com disponibilidade de estação em tempo real e, finalmente, instruções de caminhada até o seu destino final. E, em algumas cidades, o Maps mostra links para abrir o aplicativo de compartilhamento de bicicletas relevante para reservar e desbloquear a bicicleta.

Informações de compartilhamento e localização de bicicletas chegam a 10 cidades

Nas próximas semanas, o Google Maps oferece informações sobre estações de bicicletas compartilhadas nessas dez cidades – graças a uma parceria com a Ito World e empresas de compartilhamento de todo o mundo. Continuamos trabalhando com novos parceiros para que o recurso chegue a ainda mais cidades nos próximos meses.

  • Chicago, EUA (Divvy/Lyft)
  • Cidade do México, México (Ecobici)
  • Londres, Inglaterra (Santander Cycle/TfL)
  • Montreal, Canadá (Bixi/Lyft)
  • Nova York, EUA (Citibike/Lyft)
  • Rio de Janeiro, Brasil (Bike Itau/Tembici)
  • São Francisco, EUA (Baywheels/Lyft)
  • São Paulo, Brasil (Bike Itau/Tembici)
  • Taipei e New Taipei City, Taiwan (Youbike)
  • Washington DC, EUA (Capital Bikeshare/Lyft)

Como em qualquer modo de transporte no momento, a limpeza e a segurança são importantes. Todos os nossos parceiros de compartilhamento de bicicletas tomaram medidas para aumentar seus protocolos de limpeza durante a COVID-19. Consulte o seu parceiro local para saber mais sobre as últimas medidas de segurança. E, como sempre, incentivamos você a seguir as diretrizes locais de saúde e segurança, não importa como você se desloque.