Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Google Ads

Prepare-se para o futuro com o Google Analytics 4



Nos dias de hoje, em que a mensuração de resultados é tão importante, as empresas enfrentam novos desafios e precisam compreender percursos complexos, nas diversas plataformas simultâneas de diferentes clientes – tudo isso colocando a privacidade do usuário em primeiro lugar.

Há dois anos e meio o Google apresentou o Google Analytics 4 para atender à evolução constante dos padrões de mensuração e ajudar as empresas a ter sucesso. O Google Analytics 4 oferece a flexibilidade de medir muitos tipos diferentes de dados, garantindo uma sólida experiência de analytics, projetada para o futuro. Ele permite às empresas enxergar jornadas unificadas de usuários, em todos os sites e apps da companhia. Tudo isso graças à tecnologia de aprendizado de máquina do Google, que mostra novas informações e ideias e ajuda a fazer previsões e, mais importante, que foi criada para acompanhar a evolução do ecossistema.

Quem não conta com uma solução avançada de mensuração acaba perdendo informações importantes, que podem trazer impactos positivos para os negócios. Por isso, agora é a hora de adotar o Google Analytics 4 como a sua solução de analytics para diversas plataformas. No ano que vem, o Universal Analytics (nossa geração anterior de analytics) será desativado gradualmente. Todas as propriedades padrão do Universal Analytics vão parar de processar novas entradas a partir de 1 de julho de 2023. Uma vez que a experiência do novo Analytics 360 foi apresentada recentemente, as propriedades do Universal Analytics 360 terão três meses adicionais de processamento de novas entradas, período que será encerrado em 1 de outubro de 2023.

Um passo além do Universal Analytics

O Universal Analytics foi criado para uma geração de mensurações on-line baseada no desktop, em sessões independentes e em dados de cookies mais fáceis de observar. Essa metodologia de mensuração está se tornando obsoleta em ritmo acelerado. Já o Google Analytics 4, por outro lado, opera em diversas plataformas, não depende apenas de cookies e usa um modelo de dados baseado em eventos para oferecer uma mensuração centrada no usuário.

Embora o Universal Analytics tenha uma série de controles de privacidade, o Google Analytics 4 foi projetado com a privacidade no centro. Isso garante uma melhor experiência tanto para nossos clientes quanto para seus usuários finais. Ele atende à permanente evolução nas necessidades dos clientes e nas expectativas dos usuários, e conta com controles ainda mais abrangentes e detalhados para coletar e usar dados. É importante frisar também que o Google Analytics 4 não vai mais armazenar endereços de IP. Essas soluções e esses controles são particularmente necessários no atual cenário internacional de privacidade de dados, num momento em que as pessoas esperam cada vez mais proteção e controle sobre como seus dados são usados.

Comece a fazer mensurações com o Google Analytics 4

O Google Analytics 4 foi projetado levando em consideração os principais objetivos de nossos clientes – como, por exemplo, impulsionar vendas ou número de vezes em que o app da empresa é baixado, gerar leads e conectar o engajamento de consumidores tanto no mundo físico quanto no virtual.  

Veja a seguir como o Google Analytics apoia o sucesso da sua empresa:

Mais conhecimento sobre os clientes, em diversos pontos de contato

Agora você pode contar com uma visão completa de todo o ciclo do cliente, graças a um modelo de mensuração baseado em eventos que não é fragmentado por plataforma e nem organizado em sessões independentes.

Um exemplo: a marca britânica Gymshark usa o Google Analytics 4 para medir tanto seu site quanto o aplicativo. Com isso, a empresa de roupas e acessórios esportivos consegue entender melhor os movimentos das pessoas ao longo do funil de compra. O resultado disso é uma redução de 9% na perda de usuários, um aumento de 5% nos clickthroughs na página de produtos e uma diminuição de 30% no tempo que a própria marca gasta fazendo a análise da jornada de seus usuários.

O Google Analytics 4 foi a escolha ideal para compreender e aprimorar nosso novo app de vendas online. Maxwell Petitjean
Diretor de Insights de Produto da Gymshark

Melhorias no ROI graças à atribuição impulsionada por dados

O Google Analytics 4 permite usar atribuição baseada em dados para analisar o impacto completo das iniciativas de marketing da empresa, ao longo de toda a jornada do cliente. O crédito de atribuição é designado a mais do que apenas um último clique, por meio dos seus dados de analytics, o que ajuda a entender qual o impacto do conjunto das suas atividades de marketing nas conversões de vendas. É possível exportar essa análise para o Google Ads e para as plataformas de mídia do Google Marketing Platform, e assim otimizar ainda mais as campanhas.

Mensuração de engajamento e conversões alinhadas às necessidades comerciais e de compliance

Diante de um cenário em que há controles de privacidade específicos para diferentes países, agora é possível administrar e minimizar a coleta de dados no nível do usuário – coisas como cookies e metadados. Ao mesmo tempo, as principais funcionalidades de mensuração são preservadas.

Uma oportunidade de tirar mais valor dos seus dados

O aprendizado de máquina gera insights preditivos sofisticados sobre o comportamento das pessoas e sobre conversões, além de criar novos públicos de usuários com alta probabilidade de concluir a compra e de mostrar automaticamente insights fundamentais para aprimorar seu trabalho de marketing.

Transforme informações em ações, de forma fácil e simples

A ampliação das integrações com outros produtos do Google, como Google Ads, funciona nos dados combinados tanto da internet quanto do aplicativo da sua marca. Com isso, é bem mais fácil usar as informações fornecidas pelo Analytics para aprimorar suas campanhas.  

O McDonald’s de Hong Kong cumpriu a meta de aumentar o número de pedidos feitos por meio de dispositivos móveis, graças a um público preditivo de “consumidores que provavelmente vão comprar nos próximos sete dias”. Essa análise foi exportada para o Google Ads e, como consequência, os pedidos feitos pelo aplicativo da rede de lanchonetes aumentaram mais de seis vezes. A equipe observou ainda um ROI 2,3 vezes melhor, um aumento de 5,6 vezes na receita e uma redução de 63% no custo por ação de marketing.

“O Google Analytics 4 nos deu uma base extremamente sólida para fazer mensurações”, diz Tina Chao, Diretora de Marketing e Experiência Digital no McDonald’s de Hong Kong. “Conseguimos informações valiosas a partir de nossos dados sobre consumidores, graças ao aprendizado de máquina, e usamos esse conhecimento nas nossas campanhas de marketing. Os resultados foram impressionantes, e ajudam a preparar nossa empresa para o futuro.”

Agora, integrações com Search Ads 360 e o Display & Video 360 já estão disponíveis para todos os clientes. Isso significa que qualquer propriedade do Google Analytics 4 – seja padrão ou 360 – pode ativar dados do Analytics (como conversão e audiência) nas ferramentas de compra da plataforma do Google Marketing, e assim melhorar ainda mais o desempenho das campanhas.

Atenda às necessidades de mensuração da sua empresa

Novas propriedades sub e de roll-up do Analytics 360 permitem que a estrutura das propriedades do Google Analytics 4 sejam adaptadas às suas necessidades de governança de dados. Isso garante que diferentes equipes ou parceiros – tais como agências de publicidade – tenham acesso aos dados necessários, de acordo com as políticas da sua organização.  

O Analytics 360 também oferece um limite mais alto para grandes demandas - até 125 dimensões customizadas, 400 audiências e 50 tipos de conversão por propriedade. Além disso, a empresa fica tranquila com acordos de nível de serviço (SLAs, na sigla em inglês) presentes na maioria das principais funcionalidades - incluindo coleta e processamento de dados, relatórios e atribuições.  

O novo Analytics 360 trouxe informações para que nossas equipes possam tomar decisões baseadas em dados, e ao mesmo tempo criou a capacidade de atender demandas complexas de governança. Rashi Kacker
Diretor de Inovação em Marketing da Constellation

O que vem por aí?

Todas as propriedades padrão Universal Analytics vão parar de processar novas entradas a partir de 1 de julho de 2023. Já as propriedades 360 Universal Analytics encerrarão o processamento de novas entradas em 1 de outubro de 2023. Após essas datas, você terá acesso aos dados processados anteriormente no Universal Analytics por um período de, no mínimo, seis meses. Para mais informações sobre os próximos passos, acesse nossa Central de Ajuda.

Venha para o Google Analytics 4 o mais rápido possível e construa os dados históricos necessários antes que o Universal Analytics pare de processar novas entradas.