Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Busca

Novas opções para retirar informações pessoais passíveis de serem identificadas da Busca



No mundo online, privacidade e segurança caminham de mãos dadas. Quando a gente usa a internet, é importante ter controle sobre como nossas informações pessoais sensíveis e passíveis de serem identificadas podem ser encontradas na rede.

A Busca do Google já tem um conjunto de políticas que permite aos usuários solicitar a retirada de determinados conteúdos, centrados em informações atualmente pessoais – informações que, se disponíveis num ambiente público, podem causar prejuízos diretos às pessoas. Mas a internet está em constante evolução, as informações surgem em lugares inesperados e passam a ser usadas de jeitos novos. Por isso nossas políticas e proteções precisam avançar também.

O acesso aberto a informações é um dos objetivos centrais da Busca. Mas outro objetivo igualmente importante é dar às pessoas as ferramentas necessárias para que elas se protejam e garantam a privacidade de suas informações pessoais sensíveis e passíveis de serem identificadas. Pensando nisso, estamos atualizando nossas políticas para ajudar os usuários a ter mais controle sobre sua presença online na Busca.

Solicite a retirada de informações pessoais passíveis de serem identificadas que aparecem na Busca do Google

Durante muitos anos as pessoas já puderam solicitar a retirada de determinadas informações pessoais sensíveis e passíveis de serem identificadas que estivessem na Busca. A possibilidade era válida, por exemplo, para casos de doxxing ou de informações como números de conta bancária ou de cartão de crédito que pudessem ser usados em fraudes financeiras.

Com a ampliação da nova política, agora as pessoas podem solicitar a retirada de mais tipos de informação, caso sejam encontradas nos resultados da Busca. Isso inclui dados pessoais de contato, como número de telefone, e-mail ou endereço físico. A política também permite retirar outras informações que possam representar risco de roubo de identidade, tais como credenciais confidenciais para login, caso isso apareça nos resultados da Busca.

A disponibilidade de informações pessoais de contato na internet pode ser desconcertante – e essas informações podem ser usadas para fins negativos, como contato direto indesejado pelo usuário e até ameaças físicas. Ouvimos das pessoas sugestões e pedidos para que fosse possível retirar esse tipo de conteúdo da Busca, em alguns casos.

Quando o Google recebe uma solicitação formal, é feita uma avaliação de todo o conteúdo da página, para garantir que não estejamos limitando o acesso a outras informações úteis – como, por exemplo, artigos jornalísticos. Analisamos também se o conteúdo aparece em registros públicos nos sites de órgãos do governo ou de outras fontes oficiais. Nessas situações, as informações não são retiradas.

É importante lembrar ainda que retirar conteúdo da Busca do Google não equivale a retirar as informações da internet. Nesses casos, talvez a melhor alternativa seja entrar em contato diretamente com o site que abriga a página em questão.

Estamos sempre trabalhando para garantir que nossas políticas e proteções reflitam a evolução nas necessidades das pessoas e sejam fáceis de usar. Nesse trabalho, também lançamos recentemente uma nova política que permite a usuários menores de 18 anos (ou seus pais/responsáveis) solicitar a retirada de suas imagens dos resultados da Busca.

Oferecer o mais amplo acesso possível a informações e, ao mesmo tempo, dar às pessoas controle sobre suas informações pessoais sensíveis e passíveis de serem identificadas é um equilíbrio fundamental, que sempre procuramos atingir. Acreditamos que as novas atualizações são um passo importante rumo a esse objetivo, pois oferecem às pessoas as ferramentas necessárias para proteger a própria segurança e a privacidade online.

Para mais informações sobre como usar essa política ampliada, acesse nossa página de ajuda.