Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Diversidade, Equidade e Inclusão

Dia Internacional da Mulher: celebrando mulheres que abrem portas para um mundo melhor

As mulheres fizeram a sociedade avançar ao longo da história na política, na ciência, nos esportes e nas artes. De líderes políticas a empreendedoras, de pioneiras na ciência a profissionais de saúde que estão na linha de frente desta pandemia, muitas delas superaram obstáculos e fizeram o que nunca tinha sido feito antes, abrindo portas para outras milhares de mulheres e meninas. Da primeira astronauta à primeira cacique mulher brasileira, elas são as “primeiras” de muitas.

Hoje, no Dia Internacional da Mulher, queremos celebrar tanto essas mulheres pioneiras que fazem história quanto aquelas que seguem seus legados diariamente e trilham novos caminhos para transformar o mundo ao seu redor. A começar pela nossa página principal, que traz o nosso Doodle anual com imagens das mãos de ativistas, cientistas, escritoras e artistas que seguem inspirando novas gerações. Veja as histórias completas em goo.gle/womenshistorymonth.

Além de celebrar mulheres inspiradoras, esse é também um momento para aprofundar o debate sobre igualdade de gênero. Seguindo nossos compromissos de apoiar essa luta que é diária, queremos ajudar a garantir que todas as mulheres tenham chances iguais de trilhar caminhos de sucesso. Por isso, estamos lançando uma série de iniciativas durante o mês de março para apoiar o surgimento de mais gerações de “pioneiras”.

Quando uma mulher cresce, todos crescem

No Google, acreditamos que todas as mulheres podem se beneficiar igualmente das oportunidades propiciadas pela tecnologia. Nos últimos anos, lançamos diversas iniciativas para ajudar a alavancar o protagonismo feminino em várias áreas, como a criação de cursos de capacitação para o desenvolvimento de habilidades digitais e também mentorias de negócios.

Em 2020 e 2021, intensificamos ainda mais esses esforços, já que é a população feminina a mais prejudicada com os impactos negativos da pandemia em seus negócios. As mulheres também são o grupo que mais sofre com demissões e achatamento de salários. Neste momento crítico, vimos uma legião delas abrindo mão de suas carreiras para cuidar de filhos ou familiares em casa. Só no terceiro trimestre de 2020, 8,5 milhões de mulheres tiveram de deixar o mercado de trabalho na comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo o IBGE.

Pensando nisso, damos início hoje no Brasil à edição 2021 do Cresça com o Google para Mulheres, programa globalmente conhecido como Women Will, que já treinou mais de 170 mil mulheres para criarem suas próprias oportunidades profissionais por meio da valorização da autoconfiança e do desenvolvimento de novas habilidades digitais. Sua primeira edição totalmente virtual oferece duas possibilidades de treinamentos: uma para mulheres que querem empreender e evoluir seus próprios negócios; e outra para aquelas que buscam desenvolver a carreira. Veja a programação completa e acesse o conteúdo do treinamento já disponível em g.co/TreinamentosCresca.

Por meio do Google.org, o braço filantrópico do Google, lançamos hoje também a abertura das inscrições para o Desafio de Impacto Social para Mulheres e Meninas, um programa que destinará US$ 25 milhões a organizações sem fins lucrativos, em todo o mundo, que buscam combater a desigualdade entre gêneros. Além da ajuda financeira, as organizações selecionadas receberão capacitação e orientação por meio do apoio de colaboradores do Google. As inscrições estão abertas até 9 de abril em g.co/womenandgirlschallenge.

Apoiando startups lideradas por mulheres

Pela primeira vez, o Google for Startups Accelerator no Brasil terá uma turma 100% formada por empresas lideradas por mulheres. As dez startups selecionadas para a primeira turma de 2021 vão contar, além do suporte técnico que o programa já oferecia, com mentorias focadas no desenvolvimento da liderança das fundadoras ou C-Levels. O programa tem duração de três meses e será totalmente on-line.

Uma rede global de facilitadores, composta por profissionais do Google e empreendedores de diferentes setores, apoiará as mulheres em temas que vão desde como construir confiança em seus times, relacionamento entre fundadores, utilizar os fracassos como aprendizados, construir uma cultura sólida, dar e receber feedback que seja acionável e construtivo, entre outros.

Essa não é a primeira iniciativa do Google for Startups para ampliar a representatividade feminina no ecossistema de inovação. Em 2020, 50% da 5ª turma do Programa de Residência era de startups lideradas por mulheres, um fato inédito na história do programa.

Destacando vozes de impacto no Google Arts & Culture

Dia Internacional da Mulher: celebrando mulheres que abrem portas para um mundo melhor

Queremos também lançar luz às contribuições de vozes femininas que desafiam o status quo com iniciativas sociais espalhadas pelo mundo. Para isso, o Google Arts & Culture colaborou com a Women of the World Foundation para criar uma nova exposição de fotos reunindo 100 mulheres, de 10 regiões diferentes do planeta, que estão gerando impacto em temas como saúde, mudança climática e identidade.

No Brasil, a organização Redes da Maré ajudou a reunir 10 mulheres do Rio de Janeiro para participarem desta coleção especial, entre elas a Kaê Guadalajara, escritora indígena; Nina Silva, fundadora do movimento Black Money no Brasil; Bruna Benevides, ativista dos direitos dos transgêneros e primeira trans a servir no serviço militar brasileiro e Nísia Trindade Lima, presidente da Fiocruz e a primeira mulher a presidir a instituição em seus 120 anos de história. Conheça os nomes brasileiros que figuram nesta lista em g.co/womenoftheworld.

Por fim, para o dia 8 de março, o Google Play também vai destacar conteúdos produzidos por mulheres. Esta coleção especial traz aplicativos e jogos desenvolvidos e focados no público feminino.

Junte-se a nós para celebrar o trabalho de mulheres inspiradoras, mas também para refletir e agir neste Dia Internacional da Mulher para que novas gerações sigam abrindo portas e continuem a fazer história.