Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Google Ads

De olho no futuro, para ajudar você a se preparar para o que vem por aí



O processo de recuperação da pandemia será diferente em cada país, entre as diversas regiões e setores da economia. Mas a transformação causada pela COVID-19 terá impacto sobre todos nós. O Google tem o compromisso de oferecer apoio econômico e ajudar na retomada econômica. Por isso trabalhamos para oferecer informações precisas e confiáveis sobre a vacina e aumentar o acesso ao imunizante para pessoas em todo o mundo. Essas iniciativas se concentram sobretudo em países que continuam sofrendo os efeitos mais intensos da doença.


Também trabalhamos com afinco para garantir que nossos produtos facilitem a vida das pessoas neste momento difícil. No ano passado, reavaliamos nossas estratégias e passamos a oferecer soluções simples e úteis, tais como anúncios de venda por drive-thru para lojas que tivessem produtos em estoque ou serviços de reserva que podiam ser feitas direto nos resultados da Busca, por meio de anúncios de serviços locais. Em 2021, continuamos fazendo esse ajuste-fino em nossos produtos. O objetivo é ajudar anunciantes a se conectar com consumidores neste momento em que o mundo não para de se transformar.


Assista ao Google Marketing Livestream 2021 hoje, ao meio-dia (horário de Brasília) e saiba mais sobre essas novidades. Você poderá conferir detalhes sobre as recentes inovações do Google nas áreas de privacidade, mensuração e automação.


Desenvolvimento de tecnologia de publicidade que protege a privacidade
No ano passado, com a população mais conectada a aparelhos como smartphones, Smart TVs e computadores, o tempo de contato com as mídias digitais aumentou 15%, de acordo com um estudo da eMarketer. À medida que os usuários contam cada vez mais com as ferramentas digitais para organizar diferentes aspectos do dia a dia, aumenta a preocupação de que a privacidade das pessoas esteja protegida – e a importância desse tema vai crescer no futuro.
Um ecossistema saudável de anúncios é essencial para manter a internet aberta e acessível para todos. Ao mesmo tempo, é preciso garantir que as pessoas se sintam seguras na internet.


Este é o momento para que nosso setor repense as próprias práticas e tome atitudes corajosas, com o objetivo de recuperar a confiança dos usuários. Por isso anunciamos, no início deste ano, que não vamos criar identificadores alternativos depois que os cookies de terceiros forem gradualmente eliminados.A boa notícia é que é possível melhorar a privacidade sem prejudicar os resultados de negócio. Estamos colaborando com a comunidade on-line para colocar em prática soluções como as que fazem parte do Privacy Sandbox. Essa iniciativa de código aberto tem o objetivo de desenvolver novas tecnologias centradas na privacidade, como anonimização, agregação e processamento dentro do próprio aparelho. Todas foram projetadas para apoiar os principais casos de uso de publicidade, como anúncios baseados em interesse, mensuração de resultados e outros.


Novas estratégias de mensuração e audiência
A medição precisa das campanhas de marketing dos anunciantes é particularmente importante para ajudar a decidir onde colocar dinheiro para obter maior impacto. No entanto, as ferramentas que sempre foram usadas por anunciantes para medir resultados – como cookies e outras formas de identificação – estão mudando rapidamente. Queremos garantir que negócios e marcas de todos os tamanhos tenham acesso a mensuração capaz de proteger a privacidade dos usuários. Durante a pandemia, por exemplo, a marca Adidas promoveu seus aplicativos de atividade física para incentivar as pessoas a se mexer, e usou o Google Analytics para medir os resultados das campanhas.
Estamos investindo em todos os nossos produtos para usar o aprendizado de máquina e oferecer informações sobre o comportamento dos consumidores e suas decisões de compra. Um exemplo: em breve vamos incluir Display, YouTube e conversões dentro dos apps em todos os modelos de atribuição do Google Ads – incluindo atribuições voltadas para dados, que usam a tecnologia de machine learning do Google. Essas mudanças vão ajudar os anunciantes a avaliar de forma correta o impacto das campanhas no Google Ads.


Recentemente, contamos como é possível usar dados coletados pela própria empresa com o consentimento de seus clientes para continuar a medir resultados de forma precisa – mesmo com menos cookies disponíveis. Esses dados, também conhecidos como first-party data, também ajudam marcas e empresas a se conectar com mais usuários que tenham afinidade com seus produtos e serviços. Agora, estamos aumentando a disponibilidade do Customer Match para praticamente todos os anunciantes, para alcançar e se reaproximar de clientes por meio de vários formatos de anúncio. Olhando para o futuro, fique de olho em mais inovações desse tipo, criadas para ajudar a fazer a transição para um mundo onde a privacidade esteja sempre em primeiro lugar.

Automação aprimorada, com melhor desempenho
À medida que a recuperação econômica acontece, os anunciantes podem se beneficiar automaticamente de novas áreas de crescimento, usando produtos que reagem de forma dinâmica às tendências de mercado do seu ramo de negócios. Os anunciantes de hoje usam mais automação do que nunca, aplicando-a a cada vez mais aspectos das campanhas. Essas tendências incluem montagem e seleção automáticas das peças publicitárias com melhor desempenho, com anúncios responsivos na Busca; encontrar mais termos de busca com bom desempenho por meio de palavras-chave de ampla correspondência; ou estabelecer o lance correto para cada leilão, considerando diversos sinais capazes de prever o desempenho graças ao Smart Bidding. Na verdade, já sabemos que esses produtos de automação funcionam ainda melhor quando trabalham juntos. Empresas que passaram de palavras-chave que correspondem a frases para palavras-chave de ampla correspondência em suas campanhas, usando lances do tipo Target CPA, tiveram um aumento de 25% nas conversões.


Considerando que a automação está gerando resultados melhores para os anunciantes, queremos ajudá-los a usá-la em mais ocasiões. Atualmente, mais de 80% dos anunciantes usam lances automáticos para eliminar os “chutes” do processo de calibrar as ofertas em leilões e, com isso, atingir seus objetivos de desempenho. Como exemplo, anunciantes interessados em otimizar campanhas com base no retorno obtido sobre gastos com publicidade usam a estratégia Target Return on Ad Spend (Target ROAS) do Smart Bidding para otimizar lances e maximizar a receita, de forma automatizada. Agora, estamos ampliando o Target ROAS para que ele funcione em ainda mais canais do Google, incluindo campanhas Discovery e TrueView for Action.


Assim como acontece com a automação, o anunciante garante mais eficiência e resultados melhores quando as ferramentas de publicidade do Google trabalham juntas. Por isso facilitamos a vida de comerciantes que queiram conectar seu feed no Google Merchant Center a campanhas Discovery e TrueView for Action. Isso vai ajudar a usar imagens e vídeos para favorecer a descoberta de produtos e impulsionar as compras de seu catálogo completo. Em março, comparamos mais de 900 campanhas usando o formato TrueView for Action. O estudo mostrou que anunciantes que acrescentam feeds de produto tiveram 60% mais conversões, por um custo menor, quando comparados a anunciantes que não colocam feeds de produtos.

As vantagens da automação, disponíveis para cada vez mais anunciantes
No ano passado anunciamos o teste de um novo tipo de campanha: a Performance Max. Ela reúne o que há de melhor em automação no Google, com o objetivo de ajudar anunciantes a obter resultados aprimorados em todos os nossos canais: YouTube, Display, Busca, Discover e muito mais. A partir de hoje as campanhas Performance Max serão ampliadas para milhares de outros anunciantes, e até o final deste ano estarão disponíveis para todos. (Para mais informações, acesse a Central de Ajuda do Google Ads, e preencha esta ficha caso tenha interesse em participar da versão beta.)


Além disso, estamos oferecendo suporte para campanhas Performance Max na página de Insights. Quem participou da fase de testes disse que queria mais transparência sobre o funcionamento da automação e sobre o que leva a mudanças no desempenho. Com a nova atualização, você poderá ver informações como que tipo de público está levando a conversões, peças publicitárias com melhor desempenho, informações sobre leilões e categorias em alta na Busca. Além disso, é possível ver uma prévia de como seus melhores anúncios aparecem em cada canal.

Os primeiros testes tiveram resultados excelentes. A Vodafone da Turquia, que faz parte do Grupo Vodafone, é uma grande empresa de telecomunicações da Europa e da África. Ela adotou o Performance Max com o objetivo de aumentar a escala da geração de leads para seus planos de dados para celular em todos os canais do Google, a fim de atingir mais clientes em potencial. No período de testes, as campanhas Performance Max levaram a um aumento de 18% nos leads por um custo 70% mais baixo por aquisição, quando comparadas às campanhas na Busca. Como resultado, a Vodafone da Turquia adotou as campanhas Performance Max como principal método para gerar leads, aliadas às campanhas padrão baseadas nas palavras-chave digitadas na Busca. Para conferir mais casos de sucesso da Performance Max com clientes como Neo4j e MoneyMe, acesse a Central de Soluções para Anunciantes.


Garanta seu lugar na primeira fileira (virtual) do Google Marketing Livestream
O Google sempre quer aprender com você e continuar melhorando os produtos cada vez mais no futuro. Assista ao Google Marketing Livestream hoje, ao meio-dia (horário de Brasília) e fique por dentro de todas essas inovações e de muitas outras novidades.
Obrigado pela parceria! Nos vemos no Google Marketing Livestream.