Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Google News Initiative

Um novo programa de licenciamento para apoiar o jornalismo



A força da imprensa profissional é importante – agora, provavelmente, mais do que nunca. Estamos todos em busca de informações confiáveis sobre a pandemia global e sobre as recentes manifestações contra o racismo no mundo. Esses acontecimentos, porém, ocorrem num momento em que o setor de notícias enfrenta grandes desafios financeiros. O Google confere grande importância à tarefa de garantir acesso à informação de qualidade, e quer apoiar veículos jornalísticos que cobrem temas fundamentais.


Hoje anunciamos um programa de licenciamento que pretende remunerar publicações por conteúdos de alta qualidade que farão parte de uma nova experiência jornalística a ser lançada no final deste ano. O programa vai permitir aos veículos participantes obter receita com o conteúdo que produzem, por meio de uma experiência de narrativas ricas, com as quais o público poderá se aprofundar em reportagens complexas, manter-se informado sobre temas importantes e estar a par de questões e interesses diversos. Começaremos o programa com parceiros em um conjunto  de países do mundo, a ser ampliado em breve.


A nova iniciativa vai diversificar ainda mais o apoio que já oferecemos às empresas de mídia, e também aumentar o valor que o Google oferece a essas organizações por meio da Busca e de esforços contínuos, como a Google News Initiative – trabalhos que ajudam o jornalismo a prosperar na era digital. Embora o Google já viesse financiando conteúdo de alta qualidade, o novo programa é um avanço considerável no nosso apoio a esse tipo de jornalismo. Para dar início ao projeto, assinamos parcerias com publicações locais e nacionais no Brasil, na Austrália e Alemanha.


As conversas com esses veículos parceiros começaram há vários meses, e todos afirmam que esta é uma grande mudança de rumo. “Estamos sempre abertos a formas inovadoras de atrair leitores para que tenham acesso ao nosso conteúdo de alta qualidade”, afirma Stefan Ottlitz, diretor-geral do Grupo SPIEGEL, da Alemanha. “A nova parceria com o Google vai permitir oferecer uma experiência que colocará nosso conteúdo premiado em evidência, aumentará nosso alcance e levará uma cobertura confiável ao público, de forma atraente e interessante, em todos os produtos do Google”.


Nos lugares onde essa essa experiência estiver disponível, o Google vai pagar para que o público tenha acesso gratuito a reportagens protegidas por paywall no site dos veículos parceiros. Com isso, sites de notícias que usam paywall poderão ser acessados por um público mais amplo, e ainda oferecer uma oportunidade para que novos leitores consumam conteúdo que normalmente não veriam.


Paul Hamra, diretor-geral da Solstice Media, editora australiana de conteúdo jornalístico, conta que a possibilidade de aumentar o público com acesso a esse importante conteúdo local foi o que motivou a empresa a participar da iniciativa. Diz Hamra: “Diante da pressão sobre as publicações locais, é fundamental encontrar novos canais de veiculação e novos públicos para nosso conteúdo premium, num ambiente seguro e com curadoria. Essa oportunidade nos dará acesso a novos mercados e trará ainda mais benefícios comerciais”.


O novo produto será lançado primeiro no Google News e no Discover, e é fruto de um trabalho ativo que vem sendo desenvolvido há meses com nossos parceiros. Já estamos em contato com outros veículos e pretendemos aumentar a rede ao longo dos próximos meses.
Geraldo Teixeira da Costa Neto, diretor-executivo dos Diários Associados no Brasil, afirma que a empresa se orgulha de participar do projeto: “Do nosso lado, faremos o que estiver ao alcance para que esta plataforma prospere e que seja uma bússola para a sociedade em busca de informações produzidas por fontes seguras e confiáveis em tempos de desafios”.


Os últimos meses de pandemia impuseram pressões novas e totalmente imprevistas sobre a imprensa, causando impactos que vão da produção de jornalismo de qualidade à continuidade dos modelos de negócios tradicionais. Para enfrentar a situação, a Google News Initiative ofereceu recursos a mais de 5.300 publicações locais espalhadas pelo mundo, graças ao Fundo de Auxílio Emergencial ao Jornalismo, à uma dispensa da tarifa para exibir anúncios no Google Ad Manager e à campanha de US$ 15 milhões para apoiar o jornalismo local e aliviar parte dos efeitos econômicos da COVID-19.


Ao longo dos anos, criamos mais público para o setor de imprensa e impulsionamos a capacidade de gerar receita para os veículos de mídia. Direcionamos os usuários para sites de notícias mais de 24 bilhões de vezes por mês, e damos aos publishers a possibilidade de oferecer anúncios e assinaturas e aumentar o público que consome conteúdo jornalístico. A Google News Initiative foi lançada em 2018, trazendo consigo um compromisso no valor de US$ 300 milhões para garantir um futuro sustentável para a imprensa, graças a programas como o Assine com o Google e o Local Experiments Project.


Ao lado de outras empresas, governos e organizações da sociedade civil, temos o compromisso de fazer nossa parte e apoiar o jornalismo profissional e confiável. O projeto sendo anunciado hoje é exemplo disso, e estamos ansiosos para ver tudo o que realizaremos juntos.