Acesse o menu principal
Blog do Google Brasil
Notícias

Como o Google apoia o jornalismo e ajuda os brasileiros a acessar informações relevantes

Article's hero media

O jornalismo é essencial para a nossa sociedade e para a nossa democracia. Todos os dias, milhões de brasileiros acessam o Google em busca de respostas que as ajudem a fazer escolhas informadas. De COVID-19 às próximas eleições presidenciais, o acesso a informações confiáveis ​​é fundamental agora mais do que nunca. Empresas de tecnologia, veículos jornalísticos, governo e sociedade civil precisam trabalhar juntos para garantir um futuro saudável para o jornalismo sem comprometer o acesso à web aberta e garantindo que os brasileiros continuem tendo acesso a informação de qualidade online.

A mídia no Brasil mudou fundamentalmente nas últimas décadas. Com a ascensão da internet, os veículos jornalísticos têm hoje acesso a uma maior distribuição de notícias e a mais leitores em potencial. Os modelos de negócios das organizações de notícias também mudaram, com a receita que vinha dos classificados se movendo para serviços especializados de classificados online e com o aumento da concorrência de uma gama variada de publicações por leitores.

Na era pré-internet, jornais e revistas pagavam para exibir seu conteúdo em uma banca de jornal para que pudessem ser descobertos e atrair uma audiência. Hoje, a Busca do Google, por exemplo, envia brasileiros para sites de notícias mais de dois bilhões de vezes por mês – de graça. Isso dá às empresas jornalísticas a oportunidade de ganhar dinheiro e aumentar seus negócios e audiência, mostrando anúncios e ofertas que convertem as pessoas em novos assinantes.

Nos últimos 20 anos, por meio de nossos serviços e programas, investimos bilhões de dólares para apoiar o jornalismo de qualidade, tornando o Google um dos maiores apoiadores financeiros do jornalismo do mundo. Não rodamos anúncios no Google Notícias ou na guia de resultados de notícias na Busca. Um número muito pequeno de pesquisas na Busca do Google no Brasil – apenas 2% – são para notícias. Assim, o valor das notícias para o Google é informar e educar as pessoas, não econômico.

Hoje, queremos esclarecer como nossos programas de licenciamento nos permitem pagar por conteúdo jornalístico de alta qualidade e fornecer uma forma direta de remuneração aos veículos de notícias por seu conteúdo no Brasil, e também como ajudamos os sites a gerar receita com anúncios por meio do uso da nossa tecnologia.

Pagando por conteúdo jornalístico

As pessoas confiam no Google para ajudá-las a encontrar informações úteis e confiáveis, de diversas fontes. Para manter essa confiança, os resultados na Busca são determinados com base na sua relevância, e não por parcerias comerciais. É por isso que não aceitamos pagamento de ninguém para incluir ou modificar um resultado de pesquisa. Vendemos anúncios, não resultados na Busca – e todos os anúncios estão claramente identificados como tal acima da lista de resultados.

Durante o debate em torno do Projeto de Lei 2630/2020, também chamado de “PL das Fake News”, você pode ter ouvido algumas afirmações imprecisas sobre nosso apoio ao jornalismo. Aqui estão alguns fatos:

Em outubro de 2020, o Brasil foi um dos primeiros países – ao lado da Alemanha – onde lançamos o Google Destaques (News Showcase), um programa para licenciar conteúdo noticioso de veículos de todos os tamanhos. Temos acordos com mais de 60 publicações brasileiras – com mais ainda por vir em breve. Atualmente, os veículos parceiros do programa incluem empresas diversas como, por exemplo, os jornais Estado de Minas, de Minas Gerais; A Crítica, do Amazonas; Jornal do Commercio, de Pernambuco; e NSC Total, de Santa Catarina.

Também lançamos um novo programa desenvolvido para apoiar veículos nativos digitais na América Latina chamado Programa de Inovação de Storytelling, por meio do qual pagamos editores de todos os tamanhos que estão produzindo conteúdo visual e inovador por meio da nossa ferramenta Web Stories, possibilitando que alcancem novos públicos.

O PL 2630, que traz consequências preocupantes para a internet no Brasil, pode colocar em risco esses acordos e o apoio que muitas empresas jornalísticas, locais e regionais, recebem no país.

Gerando receita por meio das nossas plataformas de publicidade

Além de gerar tráfego de novos leitores para os sites de notícias, também oferecemos tecnologias e serviços de anúncios inovadores que os veículos podem usar para gerar receita com seu conteúdo de maneira eficiente. Muitos sites optam por usar nossas plataformas – como Ad Manager, AdSense e AdMob – para vender espaço publicitário em seus sites e aplicativos e gerar receita.

Globalmente, pagamos bilhões de dólares diretamente a sites jornalísticos em nossa rede de anúncios todos os anos. Isso porque nossas plataformas são baseadas em um modelo de compartilhamento de receita. Se um site estiver usando uma de nossas plataformas de publicidade para vender anúncios, a maior parte do dinheiro pago pelos anunciantes vai para o veículo jornalístico que exibiu o anúncio. Isso significa que obtemos sucesso quando nossos parceiros obtêm sucesso. Nos últimos três anos (2019-2021), pagamos mais de R$ 1 bilhão às dez maiores organizações jornalísticas do Brasil por meio das nossas plataformas de publicidade, incluindo para veículos de abrangência local e publicações digitais.

Apoiando o ecossistema jornalístico

Além de nossos programas de licenciamento e tecnologia publicitária de ponta, fornecemos produtos, fundos, ferramentas digitais e treinamentos para jornalistas e redações no mundo todo. Desde o lançamento da Google News Initiative (GNI) em 2018, investimos centenas de milhões de dólares para apoiar a inovação no jornalismo, desenvolver modelos de negócios e elevar o jornalismo de qualidade em todo o mundo. No Brasil, por meio da GNI, beneficiamos mais de 450 organizações jornalísticas.

Este investimento apoiou parcerias, financiamento direto, formação e programas como o Desafio da Inovação e o Programa de Crescimento Digital. Durante a pandemia, injetamos milhões de dólares globalmente em fundos emergenciais e isentamos veículos jornalísticos de taxas de anúncios, ajudando, assim, a manter a operação de mais de 5.600 veículos em 115 países, incluindo o Brasil.

Onde encontrar notícias no Google

Não temos um ponto de vista editorial. Os produtos do Google são projetados para conectar você a uma ampla variedade de informações e perspectivas para ajudá-lo a desenvolver o seu próprio ponto de vista e tomar decisões informadas.

Além da Busca, você pode encontrar conteúdo noticioso de qualidade usando diferentes produtos do Google. O Google Notícias (Android; iOS), por exemplo, tem como objetivo ajudar as pessoas a entender o mundo ao seu redor por meio do acesso a notícias de alta qualidade, e oferece um feed personalizado, permite que o leitor siga suas publicações favoritas e acompanhe os painéis de notícias do Google Destaques, A aba de Notícias na Busca do Google traz resultados com as principais notícias, artigos, vídeos sobre um tema pesquisado. E, finalmente, o Discover (disponível pelo aplicativo Google no Android e iOS; e em google.com.br pelo celular), que oferece uma lista personalizada de reportagens, vídeos e artigos que mais interessam a cada usuário. É possível seguir assuntos e escolher quais conteúdos de quais fontes deseja receber mais ou menos.

Nossos esforços em apoiar as empresas brasileiras e os veículos jornalísticos são parte do nosso compromisso já de longa data em promover um ecossistema de notícias saudável e diversificado no Brasil. Seguiremos colaborando com todos os parceiros do setor de notícias buscando inovação e modelos de negócios mais sustentáveis, enquanto protegemos uma internet aberta, com conteúdos diversificados, de alta qualidade e relevantes para todos.